Autoconhecimento Carreira Comportamento Empreendedorismo Liderança e Pessoas Produtividade

Pensar fora da caixa: entenda como isso é um pilar para a liderança

47325-pensar-fora-da-caixa-entenda-como-isso-e-um-pilar-para-a-lideranca

O mercado atual exige atitudes inovadoras por parte das pessoas que ocupam cargos de liderança. Com o processo de atualização constante impulsionado pelas novas tecnologias, é preciso que chefes e gerentes estejam sempre um passo a frente para se destacar entre os concorrentes. Logo, pensar fora da caixa é uma maneira eficiente e produtiva de buscar essa diferenciação.

Pensando nisso, no texto de hoje, vamos entender melhor essa atitude e como implementá-la em sua empresa. Confira!

O que é pensar fora da caixa?

A expressão pode parecer batida e um pouco piegas, mas o conceito de pensar fora da caixa é essencial para qualquer pessoa que deseja ter uma carreira promissora em um mercado tão concorrido. Ele faz menção a ter uma visão global da situação em que você se insere e ser capaz de visualizar problemas de outros ângulos e perspectivas, facilitando a sua solução.

Na prática, um profissional com esse perfil tem a tendência a rejeitar todos os conceitos pré-fixados de ações em determinadas situações. Isso não quer dizer que ele não os siga quando necessário, mas que ele procura incessantemente formas novas e simples de agir em várias situações, obtendo resultados distintos e muitas vezes mais interessantes para a empresa.

Como isso ajuda a sua empresa?

Quanto mais o líder e sua equipe conseguem ter visões multilaterais, mais inovador o negócio se torna. Quando toma iniciativas para evitar que as ideias fujam do realizável, a empresa vê os negócios tomarem um salto qualitativo, com maior eficiência e atratividade para os clientes.

Líderes inovadores também são eficientes para reduzir custos de produção, melhorando a competitividade, um fator diferencial que pode resultar em uma virada no jogo para qualquer negócio, especialmente, em momentos de crise. Não à toa, profissionais com esse perfil são disputados a tapa pelo mercado.

É importante lembrar que, para ser um líder que pensa fora da caixa, não basta você consiga agir dessa forma. Toda a equipe deve e precisa estar alinhada, assim a receptividade por novos projetos é maior e a variedade de formas de pensamento torna as reuniões produtivas.

Esse tipo de raciocínio é tão eficiente que pode até evitar erros graves dentro da produção, já que quem compreende o todo consegue ver com facilidade os obstáculos a serem enfrentados.

Como incentivar o pensamento multilateral?

Mesmo com os benefícios de pensar fora da caixa em evidência, sabemos que a realidade das empresas, muitas vezes, não permite que os funcionários ajam dessa forma, causando até mesmo desmotivação entre os bons profissionais. Por isso, criar um ambiente em que o pensamento multilateral exista e seja frutífero, exige algumas ações por parte das lideranças. Confira as dicas para implantá-las na sua empresa:

Tirar essa ação do campo das ideias

O discurso do pensamento fora da caixa está presente em diversos negócios, mas será que a sua empresa realmente estimula esse tipo de ação? É preciso refletir sobre esse tópico e verificar o que ela está fazendo para valorizar a inovação entre os funcionários. Se nada estiver sendo feito, criar políticas que a viabilizem é um bom começo para instaurar um ambiente de trabalho mais criativo e saudável.

Aprender com os erros

Um dos maiores medos das pessoas inovadoras é rumar por um caminho desconhecido e cometer um erro grave. É claro que os riscos devem ser balanceados, mas não podem impedir sua empresa de tentar algo novo. Mesmo em cenários de perdas, a experiência adquirida pode servir de ensinamento para criar novas e melhores sugestões.

O erro faz parte do aprendizado que complementa o know-how de uma empresa. Ele deve ser evitado, mas nunca ignorado, pois traz lições importantíssimas sobre o mercado em que o negócio que se insere.

Respeitar e aproveitar as diferenças de seus funcionários

Não basta ter uma boa equipe ao seu lado, um bom líder precisa saber extrair o que eles têm de melhor. Trate todos de forma igualitária e se esforce para manter um ambiente em que eles saibam que podem contribuir. Quando eles se sentem à vontade e possuem ângulos de visão variados para um projeto, o líder só têm a ganhar.

Ter humildade para aprender com os outros

Não existe espaço para vaidade em uma empresa que deseja pensar fora da caixa. Incentive seus funcionários a opinar e aceite sugestões de todos, ampliando o debate e criando um ambiente verdadeiramente inovador. Se os colaboradores perceberem que estão sendo ignorados, vão parar de trazer novas formas de pensamento e sua empresa contará somente com o pensamento do líder, o que não é desejado.

Criar metas simples e instigar os funcionários a bolar estratégias

Pensar fora da caixa pode criar um maravilhoso universo de criatividade, mas no ambiente profissional é importante que essas sugestões sejam aplicáveis. Para isso, definir metas para serem cumpridas é uma forma de limitar o processo de brainstorming.

Quando você é um bom líder e deixa claro qual objetivo deseja atingir com o projeto, fica mais fácil para seus funcionários serem inovadores na forma de atingi-las.

Além disso, também é necessário ter um fluxo de trabalho bem estruturado para inovações, que faça você e seus funcionários pensarem na viabilidade delas antes de levá-las adiante. Lembre-se: não adianta pensar em propostas brilhantes que custem fortunas ou não sejam aplicáveis. Ideia boa é aquela que ajuda a empresa quando ela precisa.

Não ser um líder opressor

No ambiente profissional, existe uma diferença gritante entre os estilos de atuação dos líderes e cada um deles traz resultados diferentes. Para que haja o ambiente de troca necessário para você e seus funcionários pensarem fora da caixa, é preciso que o líder seja democrático, respeitoso e valorize as sugestões de sua equipe. Ninguém desejará repassar seus planos mais brilhantes a uma pessoa que só pressiona e desvaloriza seus colaboradores.

Premiar a criatividade

Profissionais que pensam fora da caixa de forma eficiente e lucrativa são peças raras no mercado. Por isso, premiá-los pode ser uma maneira de valorizar seu trabalho e fixar essa mão de obra inovadora na sua empresa. Bônus, viagens, cursos… As opções são muitas para beneficiar quem se destaca.

Além disso, é justo que os colaboradores que trazem propostas e inovações produtivas e rentáveis sejam colocados em posições de destaque para receber promoções e recompensas em dinheiro. Assim, eles saberão que o esforço vale a pena e incentivarão outros funcionários a se esforçarem mais.

E então, a sua empresa tem um case de sucesso que mostra como pensar fora da caixa é importante para um líder? Conte para a gente nos comentários.

Deixe seus comentários abaixo

Xando Natsume
Xando Natsume
Gerar conteúdo de valor é a proposta desse blog. Queremos contribuir para o seu crescimento e transformação da sua vida pessoal e profissional, explorando temas e assuntos relevantes para mudança de comportamento e carreira.
Você também pode ler
feedback
Como dar feedbacks: o guia completo de que você tanto precisava!
Group of friendly businesspeople with male leader in front
Líder: você sabe o que seus colaboradores esperam de você?