Autoconhecimento Coaching Produtividade

A importância de descobrir sua essência para superar barreiras

72555-a-importancia-de-descobrir-sua-essencia-para-superar-barreiras

Há momentos na vida em que nos sentimos perdidos, não é? Momentos em que é difícil entender que caminho devemos seguir para encontrar a felicidade e superar barreiras que a vida nos impõe.

Apesar de não ser fácil se deparar com essas questões — independentemente do campo da vida em que elas estão acontecendo — fique tranquilo: a resposta está dentro de você. Quando não estamos preocupados com coisas pouco importantes, conseguimos ver melhor o que está nos impedindo de conseguir tudo o que sonhamos.

Então, por mais dolorido ou desafiador que seja o momento por que você está passando, espere a tensão passar e tente enxergar as coisas com mais clareza. Quer saber como fazer isso? Então, continue lendo este post!

Interrompendo os pensamentos mecânicos

Nosso ritmo de vida cotidiano acaba nos forçando a viver sem pensar na realidade, correndo sempre contra o tempo para dar conta de todas as tarefas que nos são impostas. Por mais que a sensação de realização seja reconfortante, isso nos impede de entender como reagimos aos problemas.

Essa rapidez nos impede de observar a vida ao nosso redor e entender o que realmente nos inspira. Assim, com o passar dos dias, meses e anos, todos esses sentimentos ficam guardados dentro de você.

E, quando chega um momento de decisão na vida, eles te impedem de enxergar qual caminho você realmente deseja seguir. Simplesmente, aceitamos a imagem que nos dizem que temos de seguir, e começamos a desejar as mesmas coisas que as outras pessoas de nossa idade.

Isso é totalmente diferente da forma como age uma criança, por exemplo. Ao observar o mundo ao seu redor com tanta curiosidade e fome de conhecimento, ela é capaz de ver valor em coisas muito mais simples, como brincar de bailarina ou desejar ser um bombeiro.

Parando para se reconectar

Por isso, o primeiro passo para quem deseja se tornar alguém mais forte e mais preparado para lidar com os problemas é resgatar a criança dentro de si. E isso não significa que você terá de voltar a desejar as mesmas coisas, mas sim entender o que o te fazia gostar delas naquela época.

Faça isso com cada um dos objetivos que você tem, durante toda a sua trajetória. Quais lutas você escolheu ter e quais o mundo te impôs? Quais conquistas realmente te trouxeram felicidade? Esse processo te ajuda a entender quem você é, sem julgamentos ou pressões.

Em outras palavras, ele te ajuda a compreender a sua essência. Então, o próximo passo é tentar se afastar da realidade para poder enxergar a situação de uma forma mais calma e mais completa.

Para isso, feche os olhos, respire com calma e observe seus pensamentos irem e virem, sem freá-los. Aproveite para analisar cada um deles e descobrir o que é útil ou não para aquela situação.

Depois, é chegado o momento de enxergar cada detalhe desse reencontro com a sua essência. Se você ainda tiver dificuldade, pode começar colocando no papel coisas simples, como quais são suas habilidades e quais coisas você odeia fazer.

Aos poucos, sua personalidade vai tomando forma, e ficará mais fácil julgar se os seus comportamentos combinam com você.

Não deixando de evoluir

Outro ponto importante desse processo é lembrar que nós somos seres em evolução, e podemos moldar a parte da nossa personalidade que queremos melhorar. Pense na sua adolescência: naquela época, você fazia algo que não combina em nada com o seu jeito de ser hoje?

Muito provavelmente, a resposta é sim. Hoje em dia, você não aprova esse comportamento porque amadureceu e evoluiu. E isso prova que, apesar de algumas coisas em nós durarem para sempre, nós podemos sim alterar as partes que nos incomodam.

Você não é o seu passado, muito menos o seu futuro. Sua essência pode ser influenciada por quem você foi e deseja ser, mas só o hoje importa para essa avaliação. Então, se for capaz de abandonar essa bagagem, você conseguirá se tornar mais capaz de se moldar para construir o seu eu verdadeiro.

No geral, temos uma visão deturpada da identidade, imaginando que ela é uma coisa fixa. Porém, ela é construída diariamente, conforme conhecemos pessoas novas, ouvimos músicas diferentes, abrimos o coração para um novo amor…. enfim, enquanto vivemos.

Tudo ao nosso redor influencia a pessoa que somos, e devemos nos aproveitar disso de uma forma consciente.

Acreditando em si mesmo para superar barreiras

Assim, aproveite essa consciência da sua essência recém-descoberta para cultivar a identidade que você realmente deseja ter.

De fato, a mudança pode não ser tão simples quanto parece — especialmente quando a sociedade nos impõe um padrão de felicidade e sucesso. Mas, quando se é fiel a si mesmo, percebe-se que não há outro caminho possível.

Quando isso acontece, você aceita seus defeitos, mas se esforça para melhorá-los. Sabe o que te diferencia das outras pessoas, mas age de forma humilde perante suas qualidades. E o melhor de tudo: está sempre disposto a crescer, melhorar e batalhar por tudo que puder trazer a sua realização pessoal.

O processo chega ao fim no momento em que você é capaz de olhar para os obstáculos que surgem em seu caminho com calma e determinação. Agora, as escolhas não mais tranquilas, pois você sabe quem é e onde quer chegar.

Até mesmo a ansiedade e o nervosismo são freados, porque você entende que é capaz de superar qualquer coisa. E é justamente por isso que encontrar a sua essência é uma parte importante do desenvolvimento pessoal, que te permite deixar obstáculos no seu passado.

É claro que esse processo não acontece de uma hora para outra, pois todo autoconhecimento leva um certo tempo para se realizar — mas ainda é a forma mais eficiente de saber que você age na sua vida escolhendo o caminho a trilhar.

Por fim, procure manter esse processo de autoconhecimento em fluxo contínuo na sua vida. Afinal, como um ser em constante transformação, é fundamental que você entenda que a sua essência pode variar de vez em quando, e ficar de olho nessa evolução é essencial para não se sentir perdido novamente.

De toda forma, o mais importante nessa fase é não perder a esperança. Os problemas podem te cansar e até trazer desespero, mas lembre-se: eles são passageiros. Você tem uma força interior que é capaz de superar barreiras que você nem imagina. E, com tranquilidade e reflexão, você irá encontrá-la.

E aí, gostou do post? Agora, você sabia que esse processo de evoluir sua identidade também pode ajudar na sua carreira? Então, descubra como ser líder de si mesmo pode ajudar a saber como liderar os outros!

Deixe seus comentários abaixo

Xando Natsume
Xando Natsume
Gerar conteúdo de valor é a proposta desse blog. Queremos contribuir para o seu crescimento e transformação da sua vida pessoal e profissional, explorando temas e assuntos relevantes para mudança de comportamento e carreira.
Você também pode ler
Business team meeting brainstorming concept top view group people on table with puzzle vector illustration
O que é a liderança transformacional?
43960-entenda-qual-e-o-papel-do-lider-na-integracao-de-novos-funcionarios
Entenda qual é o papel do líder na integração de novos funcionários