Autoconhecimento Carreira Comportamento Gerenciamento Liderança e Pessoas

Afinal, como promover a criatividade na empresa?

43512-afinal-como-promover-a-criatividade-na-empresa

Vivemos atualmente a era do conhecimento e da inovação, e especialmente no mundo corporativo essa realidade está presente há muito tempo. Afinal, a necessidade de inovação e criatividade na empresa é peça-chave quando o objetivo é manter o potencial competitivo e a sustentabilidade a longo prazo de qualquer organização.

Assim, poder contar com um capital humano criativo gera crescimento e agrega valor ao negócio de maneira extremamente significativa. No entanto, a pressão por resultados, o excesso de reuniões e compromissos, bem como outras atividades tendem a sufocar nossa criatividade, impedindo-nos muitas vezes de dar passos significativos na carreira.

Dada a importância dessa questão, trataremos aqui de como é possível promover a criatividade na empresa. Continue a leitura e descubra porque esse assunto é tão relevante no mundo dos negócios e como isso impacta inclusiva a sua carreira.

Os níveis de capacidade de inovação

Antes de listarmos estratégias eficazes na promoção e incentivo da criatividade, abordaremos aqui a teoria proposta por Michael Lurie, vice-presidente da consultoria empresarial The Ken Blanchard.

Segundo Lurie, existem três níveis de capacidade de inovação dentro de uma empresa, e cada um deles pode ser estimulado e exercitado, a fim de produzir soluções e inovações para o negócio. Vamos a eles:

Criatividade individual

Para que uma empresa possa desenvolver uma cultura de estímulo à criatividade, primeiramente é necessário investir e estimular a criatividade dos indivíduos. Afinal, a criação e geração de soluções partem sempre de uma ideia individual, que posteriormente pode ser retrabalhada e reformulada em grupo.

Criatividade em equipe

O segundo estágio refere-se ao desenvolvimento de ideias em grupo, com a sistematização de opiniões divergentes em uma solução única. Aqui, o estímulo ao pensamento coletivo, ampliando a visão da esfera individual para o conjunto, é o principal objetivo.

Criatividade sistêmica

O terceiro estágio da capacidade de inovação empresarial materializa-se quando a criatividade se torna parte integrante da cultura da empresa. Nessa fase, é muito comum que o próprio modelo empresarial seja revisto e reformulado, em prol do crescimento e desenvolvimento do negócio. Porém, aqui é necessário salientar que todo esse processo precisa estar apoiado de maneira consistente na memória institucional. É importante não perder de vista a missão e os valores da empresa no processo de criatividade sistêmica.

Portanto, apoiados sobre estes três pilares de capacidade de inovação empresarial abordados acima, passaremos a algumas estratégias práticas que podem ser adotadas em sua empresa, com vistas ao aumento da criatividade dos colaboradores e o estímulo ao desenvolvimento de inovações. Confira.

Estabelecimento de um canal de comunicação

Não são poucas as vezes em que colaboradores criam soluções e ideias extremamente valiosas para o negócio e acabam não tendo a oportunidade de expressá-las pela simples falta de um canal de comunicação eficiente. Por isso, mostrar-se como um líder acessível e aberto à escuta é um bom passo na criação de um canal de comunicação mais dinâmico.

Da mesma maneira, tente promover uma ligação mais direta e próxima entre os diversos setores da empresa, estimule as pessoas a conhecerem seus colegas e a trocar ideias com eles. Nesse sentido, possuir uma sala de jogos ou descanso e espaços destinados à convivência estimula a afetividade. Até mesmo uma urna para coleta de ideias pode ser utilizada.

Abertura à inovação

Vejamos uma hipótese: seja absolutamente franco: você teria coragem de apresentar uma ideia inovadora a uma liderança fechada e que não desse a oportunidade aos colaboradores de contribuírem ativamente? Certamente não.

Em função disso, mostre-se como uma pessoa que aceita e gosta de receber sugestões e soluções, e que vê com bons olhos as pessoas proativas, criativas e que se esforçam para “pensar fora da caixa”.

Abertura a qualquer tipo de ideia

Estar aberto à inovação, como citado no item anterior, é tratar toda e qualquer proposta como bem-vinda. Por mais distante da realidade que possam parecer em um primeiro momento, jamais descarte ideias ou soluções apresentadas por seu time.

Acredite, você vai se surpreender em como algumas delas podem se tornar viáveis com o passar do tempo. Além disso, sempre agradeça ao mentor da proposta por sua colaboração, explicando o porquê de ela não estar sendo colocada em prática imediatamente.

Não condenar equívocos também é parte essencial na criação de uma política de estímulo à criatividade na empresa. Entenda que errar é parte importante de todo o processo de aprendizado e que equívoco é, isto sim, punir ou constranger quem errou na tentativa de inovar.

Reuniões de “brainstorming”

Se um projeto ou processo está “travado”, fazer reuniões de brainstorming com a equipe pode ser uma ótima solução na busca por ideias inovadoras e criativas. Mas atenção, isso deve ser feito de maneira planejada e com um objetivo específico.

Caso contrário, a reunião poderá se resumir apenas em um grupo de pessoas falando ao mesmo tempo sobre questões que não levarão a lugar algum.

Criatividade na empresa = autonomia

Além de portar-se como um líder aberto a novas sugestões e ideias, é importante também dar autonomia para que seus liderados possam criar, desenvolver novas estratégias e buscar novos modos de trabalhar e realizar processos. Deixe bastante claro que você admira e, mais do que isso, espera esse tipo de atitude por parte deles.

Ao deixar que cada colaborador tenha a liberdade para fazer o seu trabalho da maneira que lhe for mais conveniente, podendo até mesmo sugerir inovações e mudanças, você demonstra que confia no potencial e na capacidade de cada um. Essa atitude, além de aumentar a autoestima e a autoconfiança, estimula a criatividade e faz com que sua equipe se sinta reconhecida, motivada e valorizada.

Estimular a criatividade na empresa é uma das maneiras mais acertadas e eficientes de promover o crescimento e a sustentabilidade no mundo dos negócios. Não ignore essa tendência e aplique-a agora mesmo em sua organização. Acredite, você colherá os frutos dessas ações muito antes do que imagina!

Você gostou desse conteúdo? Então, que tal compartilhá-lo em suas redes sociais? Dessa maneira, assim como você, mais pessoas serão beneficiadas por ele. Sucesso e boa sorte na carreira!

Deixe seus comentários abaixo

Xando Natsume
Xando Natsume
Gerar conteúdo de valor é a proposta desse blog. Queremos contribuir para o seu crescimento e transformação da sua vida pessoal e profissional, explorando temas e assuntos relevantes para mudança de comportamento e carreira.
Você também pode ler
Business team meeting brainstorming concept top view group people on table with puzzle vector illustration
O que é a liderança transformacional?
46844-gestao-de-conhecimento-6-dicas-para-aplicar-em-sua-empresa
Gestão de conhecimento: 6 dicas para aplicar em sua empresa