Autoconhecimento Carreira Comportamento Produtividade

Como manter uma postura positiva no trabalho?

60594-como-manter-uma-postura-positiva-no-trabalho

Ter uma postura positiva no trabalho não é tarefa simples! Nem sempre é possível trabalhar despreocupado e se manter sorridente frente aos problemas pessoais e àqueles inerentes ao dia a dia da empresa. Porém, é preciso ter em mente que um bom colaborador deve possuir entre suas qualidades muito mais que habilidades técnicas e conhecimento profissional para desempenhar suas funções práticas.

Um colaborador competente cuida da própria imagem, a qual é refletida na visão externa da empresa. Ele se preocupa, então, em buscar uma postura positiva no trabalho, afinal, suas atitudes, juntamente com as competências, são responsáveis pelo sucesso profissional e pelos resultados obtidos.

Focar no negativo é um desperdício de tempo e de energia, pois os problemas acabam se tornando mais importantes do que a própria solução. Para mudar a direção é preciso considerar algumas atitudes básicas que ajudarão na mudança de comportamento. Confira-as a seguir.

Identifique o problema

Antes de tomar qualquer decisão, procure identificar o problema. Veja se não está indo na direção contrária das soluções e focando nas coisas negativas que acontecem. Reveja os conceitos de liderança e aja com firmeza, sem ser autoritário. O autoritarismo pode criar um abismo entre você e os outros.

Para saber se está sendo autoritário ao extremo, converse com as pessoas mais próximas, as quais garantirão respostas mais sinceras. Verifique se os colegas de trabalho têm facilidade em se aproximar, e, caso contrário, tente estabelecer relações mais profundas.

Saiba onde está o problema e caminhe em direção à sua resolução. Se os colaboradores apenas “cumprem horário”, esse é um indício de postura negativa e da necessidade de mudanças.

Defina metas

A palavra-chave é objetivo. Sem um objetivo ou uma meta estabelecida, os resultados ficam comprometidos. Por mais que você saiba onde quer chegar, se não estabelecer valores e prazos, é possível que se torne um funcionário extremamente esforçado e dedicado, mas que está sempre ocupado demais e não atinge resultados concretos.

Metas devem ser fixadas em horas, dias, meses e anos, além de serem quantificadas. Portanto, não apenas defina seus objetivos, mas também estipule um prazo e tome decisões voltadas a eles.

Essa atitude se torna ainda mais importante se você exercer algum papel de liderança. A consequência natural é que as pessoas sigam o líder, e se você não tiver clareza de onde vai, todos os demais colegas estarão perdidos.

Seja honesto na hora de conversar

Mesmo com metas definidas, é preciso entender que você faz parte de uma organização maior e que as decisões devem ser conjuntas. Assim, deve-se colocar as cartas na mesa e expor o que se está sentindo com relação ao ambiente de trabalho. Ao perceber que um colega ou líder não possui uma postura positiva no trabalho, busque o diálogo para que essa situação não afete o desenvolvimento da empresa e a busca pelos resultados.

A honestidade é sua grande aliada nesse momento. Expor de forma clara – sempre com educação e respeito — e mostrar-se disposto a fazer parte da mudança é fundamental, sem dizer que é uma atitude elogiável.

Faça uso da empatia e procure compreender o que seus colegas estão sentindo. Às vezes, enxergar o problema da ótica dos outros pode ser o começo da solução. Coloque-se no lugar deles e encontre mais elementos para negociar e para conversar. Lembre-se: ninguém é dono da verdade, e uma atitude autoritária apenas colaborará para que haja mais negatividade no ambiente.

Encontre um mentor

Nem sempre é possível mudar sozinho, mesmo que essa mudança seja interna. Ter alguém, além de você, preparado e comprometido com a busca por uma nova conduta pode ser essencial.

Um mentor não fará o seu trabalho, mas abrirá um horizonte de possibilidades para que você chegue ao mesmo resultado com menos esforço. Não se trata de criar atalhos ou buscar caminhos mais fáceis, mas de conhecer as atitudes corretas para diminuir o gasto de energia.

Com tais atitudes, haverá uma melhora significativa em todos os aspectos, pois o resultado é um ciclo: mais positividade no trabalho implica maior qualidade de vida, a qual, por sua vez, ajudará a manter o foco no que é importante e seguir um caminho com menos obstáculos e mais metas alcançadas.

O mentor pode ser alguém que trabalha no mesmo setor. Se souber de um colega que possa ajudar nessa tarefa, procure-o para conversar, ou, se possível, tente trabalhar ao seu lado, ao menos algumas horas por dia. Caso contrário, busque ajuda em profissionais preparados, mesmo fora da sua empresa. Boas leituraspodem ajudar.

Aceite a realidade e faça parte da mudança

Num ambiente corporativo, você não conseguirá fazer tudo sozinho, mas pode dar a sua contribuição. O primeiro passo é entender que nem sempre as coisas são como desejamos.

Aceitar a realidade não significa ser conivente e deixar que as coisas caminhem de forma aleatória, porém, serve para compreender o outro e saber por onde começar uma nova fase. Se houver muitas discussões na hora de tomar uma decisão, procure mostrar, por meio das atitudes, que é possível mudar. Quando os outros perceberem essa nova postura, provavelmente irão se inspirar em você.

Seja proativo

Uma pessoa proativa antecipa os acontecimentos e já procura uma solução. Se for algo inconveniente e desnecessário, nem deixa acontecer. Imagine a quantidade de transtornos e problemas que podem ser evitados apenas com um pouco de proatividade.

Num âmbito geral, e considerando o resultado esperado, ser proativo é enxergar os possíveis cenários para cada situação. O proativo encontra uma solução antes mesmo de o problema acontecer.

Realize cursos e treinamentos

A maioria das pessoas não muda porque não sabe por onde começar. O conhecimento ilumina os pensamentos e abre horizontes. Faça cursos, treine a sua capacidade de buscar e manter uma postura positiva no trabalho, e oriente seus colegas para que façam o mesmo! A liderança e a proatividade são aprendidas, e o conhecimento é uma das principais marcas do sucesso pessoal e profissional.

Retomando as dicas anteriores, podemos entender que ter uma postura positiva no trabalho está ligado a fatores pessoais e profissionais. Não há como dividir uma pessoa em duas e cobrar atitudes diferentes em cada situação. Quem é resiliente deve sê-lo tanto na vida pessoal quanto na profissional. E isso serve para a disposição, coragem, altruísmo, empatia, proatividade e inúmeras outras qualidades.

Todos esses elementos farão parte de um crescimento profissional e ajudarão a aumentar a disposição, trazendo maior desempenho e mais resultados. É preciso, então, expandir o pensamento!

Gostou do conteúdo? Para receber em seu e-mail mais assuntos sobre postura positiva no trabalho, liderança, comportamento, carreira, autoconhecimento e negócios, assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades.

Deixe seus comentários abaixo

Xando Natsume
Xando Natsume
Gerar conteúdo de valor é a proposta desse blog. Queremos contribuir para o seu crescimento e transformação da sua vida pessoal e profissional, explorando temas e assuntos relevantes para mudança de comportamento e carreira.
Você também pode ler
40678-saiba-como-lidar-com-varios-tipos-de-funcionarios
Saiba como lidar com vários tipos de funcionários
Colleague taking notes at their desk using laptop
Saiba como liderar uma equipe em 9 passos