Autoconhecimento Carreira Comportamento Gerenciamento Liderança e Pessoas Produtividade

Como reconhecer e melhorar um ambiente de trabalho tóxico?

62779-como-reconhecer-e-melhorar-um-ambiente-de-trabalho-toxico

Um ambiente de trabalho tóxico é tudo que uma empresa não precisa. Além de ser prejudicial para os colaboradores, um ambiente organizacional desfavorável traz consequências negativas para os negócios. Mas, como identificar se a sua empresa tem um ambiente assim?

Antes de mais nada, é preciso reconhecer a importância de dois aspectos centrais numa organização: cultura e clima organizacionais. Estes dois fatores são capazes de definir a maneira pela qual as relações se estabelecem, bem como a motivação de colaboradores com o trabalho que desempenham.

Você deve criar estratégias e soluções para transformá-los em fontes positivas de qualidade e crescimento para a organização e sua equipe em geral. Nesse ponto, a figura de liderança é essencial.

Abaixo, mostraremos como esses dois elementos ajudam a reconhecer se o ambiente de trabalho é tóxico, além das ações que podem ser tomadas para transformar sua empresa e trazer mais felicidade ao trabalho.

Identifique sua cultura organizacional

Etapa fundamental para o conhecimento profundo sobre a própria empresa, a identificação da cultura organizacional é extremamente importante, já que cada organização possui a sua. No geral, há certas tendências relacionadas ao contexto empresarial que costumam refletir arranjos distintos.

Diante disso, podemos destacar alguns componentes que integram a cultura. São estes:

  • Artefatos: podem ser produtos, serviços e padrões de funcionamento, sendo tudo aquilo que é perceptível num nível mais superficial.
  • Valores compartilhados: fica num segundo nível, e representa valores que são geralmente criados pelos próprios fundadores e disseminados entre os outros membros.
  • Pressupostos básicos: representam o nível mais profundo e, muitas vezes, imperceptível de imediato, como crenças inconscientes, padrões limitantes, sentimentos dominantes etc.

Tudo isso funcionando ao mesmo tempo resultará na cultura singular da sua empresa.

Em toda cultura, há aspectos que devem ser modificados e outros que podem ser mantidos. No geral, há características comuns nesse contexto que precisam ser trabalhadas para evitar que o ambiente de trabalho seja prejudicado. Veja algumas delas:

  • fragilidade diante de desafios;
  • normas rígidas;
  • resistência a mudanças (culturas conservadoras);
  • comunicação insuficiente;
  • ausência de liderança;
  • equipes dispersas;
  • pouco espaço para inovação;
  • colaboradores estagnados;
  • cristalização de papéis.

A partir de uma análise dessas características, é possível avaliar se a sua empresa precisa modificar a cultura organizacional, seja através de pequenas alterações ou até mesmo de uma reformulação completa da rotina de trabalho e do propósito da empresa.

Conheça então algumas características culturais benéficas, que trazem crescimento para o negócio e o distanciam de um ambiente tóxico:

  • cultura de aprendizado;
  • espaço para a inovação;
  • perfis multifuncionais;
  • papéis dinâmicos;
  • identidade forte;
  • flexibilidade;
  • equipes coesas;
  • excelente comunicação;
  • modernização de procedimentos;
  • foco em resultados;
  • líderes inspiradores.

Faça uma pesquisa de clima organizacional

O conceito de clima organizacional se difere da noção de cultura porque se refere justamente à percepção da equipe em relação ao trabalho em si, e reflete o resultado da cultura no dia a dia, junto com outras condições de trabalho variáveis, como remuneração, jornada etc.

Em uma pesquisa, o clima será descrito pelos próprios colaboradores, que avaliarão de uma maneira específica cada componente e fornecerão, ao final, uma visão geral sobre a percepção da equipe em relação ao trabalho. Esse tipo de instrumento possui uma estrutura própria, capaz de fornecer resultados completos. Veja no que ele consiste:

  • Estrutura: avalia a percepção do colaborador em relação a regras e procedimentos.
  • Responsabilidade: neste ponto, entram aspectos como grau de autonomia da equipe e poder de decisão do colaborador em relação ao próprio trabalho.
  • Desafio: diz respeito à opinião do colaborador sobre os riscos que envolvem suas decisões e o impacto que acredita terem para a empresa.
  • Recompensa: como o próprio nome diz, tem a ver com as recompensas recebidas pelo trabalho desempenhado, refletindo a satisfação do colaborador com os incentivos que a empresa oferece, bem como insatisfação diante de possíveis punições.
  • Cooperação: a cooperação pode ser medida entre gestores e subordinados ou entre colegas de trabalho em um mesmo nível hierárquico.
  • Conflitos: de extrema importância para analisar se o ambiente de trabalho é harmonioso, bem como se a empresa tem capacidade para gerir conflitos. Diz respeito à forma pela qual a organização lida com problemas.
  • Identificação: neste aspecto, entram questões pessoais do colaborador, como objetivos profissionais, permitindo avaliar a compatibilidade desses com os da empresa.
  • Padrão: neste ponto, é avaliada a rigidez da empresa em relação ao cumprimento de papéis, normas, regulamentos e regras.

A partir desta análise detalhada, é possível identificar o clima organizacional da sua empresa, analisando o ambiente de trabalho, bem como a motivação de seus colaboradores.

Conheça estratégias para modificar ambientes tóxicos

Após identificar possíveis fraquezas no seu negócio, é preciso tomar medidas para corrigi-las. Para isso, existem estratégias utilizadas no contexto organizacional capazes de trazer ao seu ambiente uma qualidade diferenciada.

Conheça algumas estratégias para modificar ambientes de trabalho tóxicos:

Reconhecimento

Profissionais desmotivados, baixa produtividade, conflitos constantes devido à falta de líderes, competições prejudiciais na mesma equipe, esses são alguns dos problemas que a ausência do reconhecimento pode trazer. A questão pode ser solucionada através de uma tríade poderosa, que é: avaliação periódica, feedbacks constantes e políticas de incentivo.

Ações concretas

Nenhuma empresa consegue modificar a sua cultura e o seu ambiente de trabalho apenas com palavras. Muitas vezes, líderes acreditam que realizar reuniões é a melhor solução para uma equipe problemática. Porém, existem ações que valem muito mais do que as palavras.

Alguns exemplos são: investimento em desenvolvimento pessoal e profissional (eventos, palestras, convênios e outras atividades dentro e fora do trabalho), políticas de endomarketing, planos de carreira bem definidos, com requisitos e condições claras, formação de novos líderes etc.

Comunicação

A comunicação é um dos pilares de uma equipe de alta performance. Para alcançar um bom nível de comunicação entre líderes, equipes e clientes, é preciso investir em instrumentos eficazes. A comunicação é um processo guiado pela motivação, na qual a autoridade exerce um papel de destaque, que significa dominar determinada habilidade ou conhecimento.

É preciso compreender que todo colaborador é um ser único, dotado de histórias e características singulares, que possui também sua dimensão social, coletiva, e pode até mesmo adoecer por conta de problemas ligados ao estresse no trabalho. Uma equipe inteira pode sofrer efeitos visíveis devido a um ambiente tóxico.

Portanto, a preocupação com a qualidade de vida no trabalho é o ponto central para quem deseja obter equipes de alta performance. Para isso, é necessário ter líderes preparados e dispostos a desenvolver pessoas em todas as suas dimensões.

Quer saber mais como melhorar o desempenho de seus colaboradores? Leia então nosso e-book sobre Como desenvolver as habilidades de um Líder!

Deixe seus comentários abaixo

Xando Natsume
Xando Natsume
Gerar conteúdo de valor é a proposta desse blog. Queremos contribuir para o seu crescimento e transformação da sua vida pessoal e profissional, explorando temas e assuntos relevantes para mudança de comportamento e carreira.
Você também pode ler
60594-como-manter-uma-postura-positiva-no-trabalho
Como manter uma postura positiva no trabalho?
40475-sinergia-empresarial-como-ter-uma-equipe-com-o-mesmo-objetivo
Sinergia empresarial: como ter uma equipe com o mesmo objetivo?