Liderança e Pessoas

Entenda o perfil do Líder Servidor

liderança servidora

O conceito de liderança servidora está baseado na afirmativa que liderar é servir. E assim, o líder servidor buscar compreender as reais necessidades de suas equipes, no sentido de auxiliar, apoiar, ensinar, inspirar e motivar os colaboradores, para que todos possam desenvolver potenciais e talentos.

Esse modelo de gestão permite a criação de um sistema de cooperação mútua e contínua, agregando conhecimentos e compartilhando ideias. Além disso, é um estilo de liderança com foco no capital humano e não apenas em resultados para a empresa, o que possibilita a adoção de práticas e políticas mais eficientes.

O líder servidor possui um perfil especial, capaz de influenciar, incentivar e engajar a todos. Confira quais as atitudes que evidenciam o líder servidor.

As atitudes e características do líder servidor          

O líder servidor demonstra no cotidiano, algumas posturas importantes, que fortalecem o ambiente de trabalho e reforçam a sua condição perante a equipe. Conheça algumas caraterísticas da liderança servidora.

Valoriza ideias e opiniões

Um líder servidor valoriza a participação de seus liderados, colegas e gestores, e através do incentivo a inovação e a criatividade, estabelece uma cultura colaborativa. Também fortalece o respeito pelas diferenças e constrói relações de confiança. Esse líder sabe ouvir ativamente a equipe, explorando ideias, opiniões e habilidades específicas de todos.

Possui poder de persuasão

A persuasão é uma das principais aptidões da liderança servidora. Através do poder de comunicação e do questionamento, o líder incentiva os colaboradores a enxergar a mesma situação por outros ângulos, de modo a encontrar novas soluções e a assumir outras responsabilidades.

Reconhece as necessidades

O líder servidor sabe identificar necessidades, de forma a manter a gestão alinhada ao que realmente importa. Assim, é possível direcionar esforços para aspectos determinantes, como condições de trabalho, treinamento e capacitação e plano de carreira, de modo a eliminar as deficiências que cercam a equipe.

Apoia e incentiva

O líder servidor também utiliza a delegação como ferramenta para o aprendizado, mas continua apoiando e incentivando os colaboradores, para que essa experiência seja realmente positiva. O encorajamento e o entusiasmo fazem parte da rotina deste líder.

Identifica e prepara outros líderes servidores

A liderança servidora é um conceito mais abrangente, que ultrapassa as barreiras profissionais, por isso, o líder servidor busca sempre identificar e preparar outros líderes, para que esse estilo de gestão se multiplique, juntamente com seus benefícios.

Pensa no indivíduo

O líder servidor pensa no indivíduo de forma completa e não apenas no profissional. Por isso, é capaz de perceber e agir, diante de problemas e dificuldades pessoais. Além disso, essa visão mais ampla permite iniciativas direcionadas a outros temas, como saúde, bem-estar, lazer e cultura.

Adota a humildade

Na liderança servidora, não há espaço para caprichos ou vaidades. Esse líder assume a humildade com característica de seu perfil, integrando-se a equipe, participando do dia-a-dia e orientando os colaboradores, sempre com simplicidade e maturidade.

Os benefícios da liderança servidora

Atualmente, já existe um consenso entre empresários e gestores sobre a importância do capital humano para o sucesso dos negócios e que as equipes passaram a ser os verdadeiros diferenciais competitivos no mercado. Assim, é preciso considerar práticas elementares para gestão de pessoas, de modo a assegurar a atração e a retenção de talentos, o desenvolvimento dos colaboradores, oportunidades de crescimento e altos índices de satisfação e engajamento. Neste cenário, o estilo de liderança adotado pela empresa tem imensa importância, pois influencia diretamente na percepção e no desempenho de todos os profissionais. Desta forma, a liderança servidora apresenta uma série de vantagens, tanto para o negócio, como para os profissionais.

Segundo o escritor norte-americano James C. Hunter, em seu best-seller O Monge e o Executivo, as empresas precisam contar também com a mente, emoção e espírito dos seus colaboradores e isso só é possível quando o líder deixa de lado o desejo de poder e passa a servir, em vez de ser servido.

A liderança servidora propicia uma gestão mais próxima e humanizada. O líder passa a se preocupar verdadeiramente com as necessidades da equipe, promovendo melhorias reais, resolvendo problemas e eliminando conflitos. Além disso, também estimula o aprimoramento e o desempenho profissional, a troca de conhecimentos, experiências e opiniões. Esse processo fortalece o time, tornando os colaboradores prontos para novas desafios. Impactos positivos também podem ser vistos em importantes indicadores de gestão, como rotatividade, absenteísmo e engajamento. Em linhas gerais, quando a liderança servidora está direcionada as necessidades genuínas, não há desperdícios de energia e de recursos, pois o foco está bem definido, assim os resultados são extraordinários. Com a formação de equipes mais preparadas, criativas e independentes, os processos e as rotinas diárias ganham em qualidade e agilidade, o que pode ser confirmado através de outros KPIs. E paralelamente, os colaboradores passam a conviver em um ambiente mais saudável e produtivo, onde há respeito, trabalho em equipe e incentivo, além de novas oportunidades, aprendizados e experiências, que são interessantes para a carreira. Assim, a liderança servidora permeia todas as esferas da empresa, trazendo benefícios tangíveis e imediatos.

Como ser um líder servidor

Para se tornar um líder servidor, é preciso desenvolver algumas competências comportamentais essenciais e buscar inspiração em outros líderes.

Autoconhecimento

Um dos pilares da liderança é o autoconhecimento. O líder precisa compreender suas capacidades e principalmente, suas limitações e fraquezas. Desta forma, é possível aperfeiçoar algumas habilidades, com a intenção de se tornar um profissional mais completo e competente.

Inteligência emocional

A inteligência emocional é sempre muito exigida em qualquer cargo de liderança, e o líder servidor deve desenvolver o equilíbrio, a serenidade e o discernimento sendo capaz de administrar as próprias emoções e também, os sentimentos da equipe.

Paciência

A paciência é uma característica do líder servidor, que demonstra autocontrole, empatia e maturidade.

Gentileza

A gentileza é fundamental ao líder servidor e abrange aspetos como educação, respeito, simpatia e bom-humor.

Altruísmo

Neste sentido, é preciso buscar o que é melhor para a equipe e para o negócio, deixando de lado o egoísmo e os anseios particulares.

Honestidade

Honestidade não se aplica apenas a obediências as regras e sim, a questões relacionadas aos valores e ao senso de justiça. O líder servidor sempre propicia uma gestão transparente, ética e verdadeira.

Humildade

A liderança servidora está baseada na humildade, na autenticidade, no desejo de melhorar a cada dia, de aprender e evoluir. Neste ponto, a humildade não está vinculada a uma função, mas está inserida no caráter.

Comprometimento

O líder servidor está comprometido com cada membro de sua equipe e com a empresa, sem negligenciar qualquer aspecto da gestão, sejam gerenciais, administrativos ou comportamentais. Assim, decisões e ações estão em sintonia com as necessidade e demandas reais.

Você é um líder servidor? Na sua opinião, quais as vantagens deste estilo de liderança? Compartilhe conosco suas opiniões e dicas!

Deixe seus comentários abaixo

Xando Natsume
Xando Natsume
Gerar conteúdo de valor é a proposta desse blog. Queremos contribuir para o seu crescimento e transformação da sua vida pessoal e profissional, explorando temas e assuntos relevantes para mudança de comportamento e carreira.
Você também pode ler
gestão-rh
Os maiores desafios da gestão de pessoas em pequenas empresas
47325-pensar-fora-da-caixa-entenda-como-isso-e-um-pilar-para-a-lideranca
Pensar fora da caixa: entenda como isso é um pilar para a liderança