Autoconhecimento Carreira Gerenciamento Liderança e Pessoas Produtividade

Liderança no trabalho: entenda a importância da transparência

45228-lideranca-no-trabalho-entenda-a-importancia-da-transparencia

A transparência é uma importante ferramenta para a liderança no trabalho. Mas, infelizmente, não são todos os gestores que percebem como é fundamental ser transparente com a sua equipe.

E não entender isso pode abrir espaço para a desconfiança, a fofoca, a queda de produtividade — entre outros prejuízos, tanto para os funcionários quanto para o líder e a companhia. Afinal, seja em uma pequena empresa ou uma grande corporação, quem está em uma posição de liderança tem grandes responsabilidades, e estas vêm acompanhadas de muitos obstáculos.

Portanto, agir de forma transparente é um dos meios de superar as barreiras que podem impedir o crescimento de todos. Mas você sabe o que é, e por que a transparência é essencial? E de que maneira é possível atingi-la?

Então, continue lendo o nosso post de hoje e saiba o que deve fazer para ter uma liderança muito mais clara no trabalho — e, com isso, ser um exemplo de alguém que é transparente na empresa. Confira!

O que é a transparência?

Pode parecer óbvio, mas é sempre importante reforçar qual é o real significado da transparência. Basicamente, em um ambiente de trabalho, a pessoa transparente é aquela que não tem nada a esconder, e que lida com os outros de forma sincera e coerente.

Trata-se de quem está de peito aberto para os outros, sem segundas intenções ou objetivos totalmente divergentes dos outros, ou da companhia. Assim, quem age com clareza e não deixa margem para dúvidas ou especulações é visto como transparente — e, como dissemos, essa qualidade é essencial para quem está na liderança.

Por que é importante o líder agir com transparência?

De fato, a liderança tem o potencial de influenciar muitas áreas. Ela pode interferir nos resultados, no clima organizacional, e na relação dos colaboradores com a empresa, por exemplo. Em suma, o líder tem um grande impacto no funcionamento — bom ou mau — de um negócio.

Considerando esse poder de influência, uma liderança transparente pode ser muito significativa para a equipe. Afinal, se não for transparente, o líder pode contaminar todo o restante do time, e o resultado será um ambiente de trabalho hostil, em que cada um terá os seus segredos e a circulação de informações e ideias será muito mais difícil.

Portanto, se as companhias — e, especialmente, o líder — querem transparência de seus subordinados, é preciso dar o exemplo, mostrando para os liderados de como as relações profissionais devem ocorrer: baseadas no “jogo limpo”, sem más intenções e de forma que todos saibam exatamente o que acontece, o que precisa ser feito e quais os objetivos a serem alcançados.

Agindo assim, o time ganhará confiança em si próprio e em quem o está liderando; além disso, as relações tendem a ser mais simples, diretas e sem brechas para fofocas ou erros de comunicação.

Como exercer uma liderança no trabalho mais transparente?

Na verdade, ser transparente é mais fácil do que você pode imaginar. Ainda assim, trata-se de um exercício constante, e que deve ser mantido e aprimorado, portanto, quanto antes você começar, melhor.

Se você quer ser mais transparente, é importante agir de acordo com esses preceitos:

Comunicar-se bem

Em primeiro lugar, uma boa comunicação é importantíssima para quem quer agir com mais transparência com os funcionários. Afinal, eles precisam estar cientes de tudo o que acontece na empresa para terem confiança e saberem quais deverão ser os próximos passos.

Além disso, é se comunicando de forma clara que você consegue transmitir o que pensa e o que precisa, de forma que os colaboradores possam compreender o que deve ser feito. Logo, se a comunicação tiver falhas, será mais difícil obter bons resultados e as chances de erro, fofocas e informações desencontradas aumentam bastante.

Saber ouvir

Outra prática que você deve adotar se quiser ser transparente é a de ouvir cuidadosamente as pessoas. Para isso, você tem que se interessar, de fato, pelas ideias e opiniões dos outros, demonstrar interesse e ter atenção ao que qualquer funcionário da empresa queira falar.

Sem isso, ficará difícil alguém ser sincero e transparente, já que você será visto como alguém que não dá importância ou não se interessa pelo que os outros têm a falar.

Dar feedbacks

Os funcionários também precisam saber se estão no caminho certo, quais são os seus acertos e em quais pontos devem melhorar. Por isso, é fundamental que quem estiver em um papel de liderança no trabalho dê feedbacks aos colaboradores.

Assim, eles poderão melhorar cada vez mais, e perceberão que você não apenas está observando, mas também se preocupa com o desenvolvimento deles. Até porque o progresso deles significa o progresso da empresa como um todo, não é?

Então, lembre-se: manter esse diálogo contribui bastante para uma relação transparente e produtiva com todos.

Manter a sinceridade

De fato, a sinceridade precisa ser constante. Mas isso não significa que você deva falar o que quiser e da maneira que desejar, sem respeitar ninguém ou sendo grosseiro.

Antes de tudo, um líder sincero é aquele que fala de coração e mente abertos, transmitindo realmente o que pensa, e que sabe demonstrar quais são os seus interesses, sem tentar escondê-los.

Agir com coerência

Algo muito comum entre os líderes é ter um discurso que não se reflete na prática — o famoso “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”. Isso destrói qualquer possibilidade de os colaboradores agirem de forma transparente com esse líder. Afinal, como manter a transparência com alguém que é incoerente?

Portanto, sempre se preocupe em agir de acordo com aquilo que fala. Tenha coerência em relação às suas ideias e às suas atitudes para dar um bom exemplo aos liderados e não deixar espaço para dúvidas que coloquem em risco a sua credibilidade.

Ter confiança

Por fim, é importante ressaltar que a confiança é inseparável da transparência. Isso significa que é impossível ser transparente com alguém em que você não confia — ou mesmo se você não confia em si próprio.

Portanto, é essencial acreditar em si mesmo e no potencial de cada um do seu time. É preciso confiar na capacidade dos seus colaboradores para que eles se sintam capazes, motivados e consigam entregar o melhor que podem na execução das tarefas.

Além disso, ao confiar neles você cria empatia, e eles saberão que também podem confiar em você. Esse tipo de relação positiva com os liderados, para a liderança no trabalho, é fundamental e traz ganhos para todos.

E aí, gostou do post? Quer saber ainda mais sobre liderança? Então, aproveite para baixar o nosso ebook “Liderança Servidora” e descubra a chave para trabalhar em equilíbrio com as diferentes gerações na sua empresa!

Deixe seus comentários abaixo

Neder Izaac
Neder Izaac
Administrador formado pela FGV/SP e Mestre em Finanças pela FGV/SP. Atuou como analista e pesquisador na McKinsey & Company e como consultor na Accenture. Empreendedor responsável pela abertura de mais de seis negócios diferentes no ramo de restaurantes, franchising, bilhetagem eletrônica, crédito para saúde, consultoria e intermediação imobiliária. Proprietário da Empresa Realista Consultoria Empresarial. Arquiteto de soluções e projetos, dedica-se ao estudo do comportamento humano e sua relação com o desempenho das empresas.
Você também pode ler
lider-de-si-mesmo
Por que você deve ser um Líder de Si Mesmo antes de liderar outros
Young and smiling woman using smart phone on the colorful books in the dark interior background
Zona de conforto: como sair da sua com sucesso