Autoconhecimento Carreira Gerenciamento Liderança e Pessoas Produtividade

Por que muitos profissionais falham na liderança de equipes?

43374-por-que-muitos-profissionais-falham-na-lideranca-de-equipes

Fazer a liderança de equipes em projetos é uma imensa responsabilidade. Quando os resultados são todos positivos, há a sensação de dever cumprido. Porém, em alguns momentos, a falha é inevitável, e o líder é alçado à posição de culpado pelo mal resultado obtido.

Embora nem sempre o motivo que leva um projeto a não dar certo tenha a ver diretamente com a atuação de um líder, sempre há algo nele que possa ser revisto para evitar novos erros no futuro e, principalmente, desenvolver melhor nesse papel.

Até mesmo os chefes mais inteligentes podem tomar atitudes que levem um projeto ao fracasso. Conheça algumas das mais comuns e entenda como repensar a sua atuação para se tornar um líder melhor:

Conhecer o funcionamento da empresa

Um grande número de profissionais de gerência não mantém contato com o setor de produção e não faz ideia da realidade em que os colaboradores estão inseridos. O resultado é um projeto elaborado em cima de um cenário dos sonhos, que não corresponde à capacidade de produção atual da empresa.

Todos sabem que para alcançar metas, é preciso seguir estritamente o que foi planejado. Afinal, resultados não surgem de sorte, eles precisam de empenho. Se a sua empresa não tem condições de seguir o plano inicial, será preciso fazer ajustes na produtividade e, quem sabe, até na motivação. Insistir e pressionar seus colaboradores não trará o resultado que você deseja, só um ambiente de trabalho ruim.

Aceitar sugestões

A maioria dos líderes de equipe conquista uma posição de destaque, porque tem um grande conhecimento na área e uma formação de boa qualidade. No entanto, alguns deles tendem a confundir isso e achar que sabem mais sobre o assunto que os demais funcionários, a ponto de não aceitar ou ouvir sugestões dos outros.

Essa atitude é altamente reprovável, pois nem de longe se assemelha à atuação que um bom líder deve ter. Independentemente da etapa do projeto, você deve estar pronto para ouvir o que qualquer pessoa da equipe tem a dizer. Em uma troca de ideias como essa, podem surgir formas mais simples e produtivas de executar tarefas e, de quebra, evitar erros que levem ao fracasso.

Saber a diferença entre lealdade e apoio

Um dos maiores erros que um líder de equipes pode cometer é se cercar de pessoas que nunca contestam as suas estratégias. É claro que ter apoio no trabalho é bom, mas para um projeto ter sucesso, é muito mais eficiente contar com pessoas que possam trazer outras perspectivas sobre a ideia e questionar os métodos que serão utilizados.

Quando isso acontece, apesar do ambiente de reuniões ser mais tenso, o espectro de erros é pensado mais profundamente, blindando o projeto de possíveis falhas. Para um bom resultado final, compensa muito mais ter em sua equipe um questionador do que um bajulador. Pense nisso.

Evitar desculpas

Saiba aceitar suas falhas e assumir seus erros. Esse é o primeiro passo para seguir em frente e a única atitude cabível para um profissional nessa situação. Tentar justificar seu fracasso não reverterá o resultado e ainda passa a impressão de que você não está preparado para o cargo.

Por isso, pare de dar desculpas, descubra onde os erros aconteceram e certifique-se de que eles não ocorram no futuro. Nesses momentos é essencial mostrar para a empresa que você não é só um bom líder de equipes, mas também sabe liderar a si mesmo. Volte a focar na sua meta e verá que o infortúnio de falhar pode ser um grande ensinamento para tornar você ainda mais eficiente.

Não alcançar uma meta é diferente de fracassar

Outro ponto importante para ser um bom líder de equipes é ter noção do tamanho de seus erros e perdas. Dramatizar pequenas falhas só deixará seus colaboradores assustados e acabará com a sua autoconfiança.

Todo mundo erra na vida, faz parte do processo de crescimento. No entanto, supervalorizar esses acontecimentos e ter medo constante de falhar não te torna uma pessoa mais preparada para o sucesso, muito pelo contrário, pois você sempre ficará com aquele pensamento de que há algo errado. Pequenos erros devem ser superados rapidamente, sempre deixando o ensinamento de como melhorar sua atuação.

Focar nas lições aprendidas com as falhas na liderança de equipes

A grande maioria dos líderes de equipes já cometeu algum erro. Os maiores líderes do mundo já cometeram vários. Pense que Steve Jobs já foi demitido da empresa que ele próprio criou e vai entender que, não importa quão bom você seja, alguns tropeços acontecerão no trajeto.

O que diferencia um profissional de ponta de um mediano é que o primeiro tem a consciência que o fracasso ensina lições valiosas, tanto na forma de produzir quanto na postura que ele deve ter no trabalho. O lado bom de enfrentar esse tipo de situação é que o erro é uma escola muito melhor que o acerto, o que deixa você bem mais próximo da excelência.

Errar torna você mais humano

Aceitar os erros que você comete e seguir a vida com resiliência nos momentos difíceis é a melhor lição que um líder pode passar a sua equipe. Quando você sai do pedestal e mostra que também comete falhas, a empatia entre os membros do seu time aumenta e a vontade de fazer acontecer para dar a volta por cima também.

É difícil lidar com chefes que não toleram erros, simplesmente, porque eles são inevitáveis: em maior ou menor grau, um erro vai dar as caras na sua empresa de vez quando. Aceitar, compreender e aprender com eles não só torna você um líder melhor, mas também ajuda os seus funcionários a trabalharem mais motivados.

Lidar com erros na liderança de equipes pode ser um processo difícil, mas se você souber focar no problema de um modo com que todos aprendam com suas falhas, há boas chances da empresa sair fortalecida desse momento incômodo. Foque na superação e verá que, muitas vezes, o fracasso pode ser a melhor coisa que aconteceu em sua carreira.

Ainda tem alguma dúvida sobre o assunto? Tem uma boa história sobre erros na liderança de equipes para compartilhar? Conte para nós nos comentários!

Deixe seus comentários abaixo

Xando Natsume
Xando Natsume
Gerar conteúdo de valor é a proposta desse blog. Queremos contribuir para o seu crescimento e transformação da sua vida pessoal e profissional, explorando temas e assuntos relevantes para mudança de comportamento e carreira.
Você também pode ler
geracoes-xyz-existe-um-ponto-de-equilibrio-para-engajar-colaboradores31095
Gerações XYZ: existe um ponto de equilíbrio para engajar colaboradores?
72156-OE3TRE-139 (2)
Como liderar equipes multidisciplinares?